Anuncie

Rachel Sheherazade entra em 'guerra' contra Bolsonaro e 'lacra' a internet


A polêmica apresentadora do SBT, Rachel Sheherazade, é uma daquelas pessoas que não ligam nem um pouco para a opinião alheia, mas desta vez ela causou um enorme alvoroço nas redes sociais. Tão grande que até mesmo ela teve que revidar, chegando até a pedir para que os fãs de Jair Messias Bolsonaro não a seguissem mais em sua rede social.

A atitude da apresentadora veio como uma bomba para a extrema-direita, que já chegou a eleger Rachel como uma das defensoras na televisão brasileira dos ideais da direita. Internautas invadiram o perfil oficial de Scheherazade e não perdoaram o que, para muitos, foi considerado traição.

 

O que levou os internautas a chamarem a apresentadora do SBT de traidora?

Desde que assumiu como âncora do telejornal mais popular da emissora de Silvio Santos, Rachel foi sempre contra o governo petista, tanto de Luiz Inácio Lula da Silva quanto de Dilma Rousseff. Sendo visivelmente contrária à esquerda, os apoiadores do deputado federal Jair Bolsonaro logo viram que a moça tinha uma certa simpatia pela direita.

A jornalista já chegou a ser considerada uma verdadeira militante da direita brasileira, porém parece que não era isso que a apresentadora tinha em mente. Usando das suas redes sociais, ela vem fazendo verdadeiros ataques contra seu já declarado inimigo, Lula, mas vem colocando o parlamentar, que será candidato a presidente em 2018, Jair Bolsonaro no mesmo bolo que o ex-presidente petista.

Na última terça-feira (9), a âncora do Jornal do SBT fez um post que irritou completamente os defensores da extrema-direita, no post em questão ela escreveu o seguinte: “Lula e Bolsonaro, os opostos que estão cada vez mais parecidos".

Desde a última terça-feira, quando publicou no seu Facebook que Lula e Bolsonaro estão cada dia mais parecidos, Rachel Sheherazade vem recebendo inúmeras críticas dos defensores de Bolsonaro, alegando que a apresentadora é uma traidora.

Sheherazade ficou tão irritada com as milhares de mensagens que a atacaram, que pediu para que todos os apoiadores de Jair não a seguissem mais

Chamada inúmeras vezes de traidora, a jornalista decidiu revidar, bloqueando diversas pessoas que a acompanhavam no seu Facebook, e fez uma nova publicação, onde afirmava que tanto os seguidores de Lula quanto ou de Bolsonaro, ou ainda de qualquer outro ‘Messias’ deveriam, imediatamente, deixar de seguir sua página oficial.

Alguns internautas ficaram revoltados com a decisão da jornalista, destacando que atitude dela foi de uma verdadeira traidora, “Jair Bolsonaro foi o único político a defender Rachel Sheherazade quando a esquerda queria sua cabeça.

Depois disso, ela se envolveu com um militante tucano e passou a atacar Jair", disse um internauta, garantindo que quem fez a lavagem cerebral na apresentadora foi seu atual namorado, Matheus Carreiro, que, para muitos, é um defensor do PSDB. 

11 jan 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

PT não é prejudicado por 'fake news', mas pela 'verdade, diz Bolsonaro

PT não é prejudicado por 'fake news', mas pela 'verdade, diz Bolsonaro

em Política

O capitão reformado usou o Twitter para responder Haddad, depois que este citou matéria da Folha de S.Paulo sobre empresas que estariam comprando pacote de mensagens contra o PT

Após avaliação, médico diz que ida a debate ‘depende de Bolsonaro’

Após avaliação, médico diz que ida a debate ‘depende de Bolsonaro’

em Política

Cirurgião foi à residência do capitão reformado, na Barra da Tijuca, para uma nova avaliação, nesta quinta-feira (18)

Médicos voltam a avaliar Bolsonaro hoje e podem liberá-lo para debates

Médicos voltam a avaliar Bolsonaro hoje e podem liberá-lo para debates

em Política

A partir dos exames desta quinta, candidato do PSL disse que tomará uma decisão sobre embates nas TVs; Haddad tem cobrado a participação do adversário

PSDB fará revisão após eleições, diz Anastasia sobre derrotas nas urnas

PSDB fará revisão após eleições, diz Anastasia sobre derrotas nas urnas

em Política

Senador concorre ao governo de Minas Gerais no segundo turno

Anuncie