Anuncie

Um banco liberou milhões por engano para um estudante e o desfecho da história vai te surpreender


Todo mundo sempre sonha em ganhar uma grana extra e a maioria das pessoas faz o que? Aposta na loteria, mas o sortudo Luke Moore não precisou fazer isso. O jovem australiano acordou em um dia de sorte e descobriu que a partir daquele momento teria cerca de R$ 4 milhões disponíveis na sua conta  para gastar com o que quisesse.

Isso mesmo, em um passe de mágica, Luke ficou milionário. O caso aconteceu em 2010, quando o estudante de direito pediu benefícios governamentais e abriu uma conta que eles chamam de Complete Freedom Account e conseguiu acessar uma quantia impressionante mesmo sem ter dinheiro algum.

A história do banco St. George e Luke começou quando ele sacou cerca de R$ 27 mil e o banco não bloqueou sua conta. Dessa forma, ele conseguiu fazer diversos saques, depositar em contas abertas de outros bancos e usar para bancar a vida que sempre desejou.

Por 2 anos, ele teve acesso a quase R$ 4 milhões e gastou com carros, viagens, drogas e strippers. Sua primeira viagem com o dinheiro foi para a Taliândia e depois visitou a Gold Coast, na Austrália. Luke ainda comprou um barco, vários carros de luxo, obras de arte de Banksy e até mesmo uma camiseta autografada pelo Michael Jordan.

Como o banco não percebeu o erro na conta de Luke, ele ainda conseguiu pagar dívidas e quitar a hipoteca de sua casa. Só que após os 2 primeiros anos vivendo uma vida dos sonhos, o banco identificou o erro na conta Complete Freedom Account e decidiu tomar providências.

A história que tinha tudo para ter um fim trágico, não foi tão ruim como as pessoas imaginam. Luke foi julgado por má-fé e pegou 4 anos e meio de prisão, e também foi enquadrado por lidar com produtos de um crime pegando mais 3 anos. De acordo com o juiz, essas sentenças deveriam ser cumpridas simultaneamente, mas Luke é mesmo um cara de sorte.

O estudante ficou apenas 5 meses na cadeia e foi inocentado. Ele conseguiu se livrar da prisão porque, segundo o tribunal de apelação, a responsabilidade por bloquear a conta era do banco. Para eles, Luke não teve intenção de enganar a instituição e só conseguiu usar o dinheiro porque o valor estava liberado para que ele usasse.

Mesmo se livrando da prisão, Luke Moore não conseguiu manter o padrão de vida luxuosa porque teve que devolver todos os bens comprados com o dinheiro do banco. Hoje, Luke mora com sua mãe e dirige um carro popular, mas em entrevista disse que não sente falta do dinheiro apenas da "cocaína, strippers e dos carros".

14 jun 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos Recentes

CBF envia documento à Fifa questionando arbitragem de Brasil x Suíça

CBF envia documento à Fifa questionando arbitragem de Brasil x Suíça

Em documento, entidade questiona protocolo de utilização do árbitro de vídeo e solicita gravações dos diálogos entre o mexicano César Ramos e seus árbitros auxiliares.

Semelhanças físicas com árbitro do jogo Brasil e Suíça, fazem piloto gaúcho ser perseguido nas redes

Semelhanças físicas com árbitro do jogo Brasil e Suíça, fazem piloto gaúcho ser perseguido nas redes

Confundido com o árbitro mexicano Cesar Ramos, no jogo Brasil x Suíça, piloto se diverte com a situação.

Esmagado pelo caixão de sua mãe durante velório, homem indonésio morre

Esmagado pelo caixão de sua mãe durante velório, homem indonésio morre

Caixão caiu de estrutura de cerimônia esmagando filho fatamente.

Casamento gay na família real britânica

Casamento gay na família real britânica

Casamento é o primeiro gay da história da família real britânica. Separado e Pai de três filhos, Lord Ivar será conduzido ao altar pela ex-esposa.

Anuncie