Anuncie

Bolsonaro posta currículo para mostrar que indicação de amigo é técnica

Adicionar aos favoritos
11 janeiro, 2019

Submetido a pressões após a Petrobrás  indicar um amigo seu à gerência de Inteligência e Segurança Corporativa da estatal, o presidente Jair Bolsonaro reagiu e foi às redes sociais a fim de provar o caráter técnico da indicação.

Para tal, ele publicou no Twitter o currículo do capitão da reserva Carlos Victor Guerra Nagem, dizendo que "a era do indicado sem capacitação técnica acabou" - poucos minutos depois, porém, o trecho foi apagado. "Apesar de brilhante currículo, setores da imprensa dizem que é apenas 'amigo de Bolsonaro'", prosseguiu.

Nagem entrou na Petrobras por concurso há 11 anos e, até então, não havia ocupado nenhum cargo comissionado. Sua indicação foi feita pela direção da estatal sob o argumento de que o novo gerente possui as qualificações necessárias para a vaga.

 


O País TV

DESAFIO DA RIQUEZA 3º DIA: Quem chorar mais, vence!

Dr. Barakat: Açúcar é droga e ninguém te aponta o dedo. Trigo também.

O que você precisa saber sobre o ciclo da depressão http://bit.ly/terapiaEurekk

"Esquerdopatia" é debatida no Escola sem Partido

Artigos Recentes

Google lança plataforma de games em streaming

Google lança plataforma de games em streaming

em Tecnologia

Empresa entrou oficialmente no mercado de videogames

março 19, 2019 Por Kennedy Medeiros

Beto Richa, preso

Beto Richa, preso

em Brasil, Última Hora, Política

Tucano foi detido pela terceira vez nesta terça-feira (19), agora em operação que investiga desvio de dinheiro que devia ser usado na construção de escolas. Defesa afirma que prisão não tem fundamento.

março 19, 2019 Por Patrick Ignaszevski

Friboi destinou dinheiro para 162 deputados, o único a recusar foi Bolsonaro

Friboi destinou dinheiro para 162 deputados, o único a recusar foi Bolsonaro

em Política

O único deputado que se recusou a receber dinheiro da JBS foi Jair Bolsonaro, que na época era do PP. O Partido chegou a depositar R$ 200 mil na conta do deputado, mas ele devolveu tudo quando soube a origem da contribuição.

março 19, 2019 Por Patrick Ignaszevski

De volta à Câmara sob vaias e elogios, Aécio evita holofotes

De volta à Câmara sob vaias e elogios, Aécio evita holofotes

em Política

Dragado pela Operação Lava Jato, senador perdeu o protagonismo de quem, por 3,5 milhões de votos, não se elegeu presidente da República

março 19, 2019 Por Kennedy Medeiros

Anuncie